Caos



Ouve um tempo que acreditava em tudo a minha volta, naquele tempo não tinha os olhos que tenho hoje, não tinha o cansaço que apoderou se, hoje vejo que aquela não fui eu ou eu não sou o que me encontro hoje, quem não passou por fases de sol não saberá identificar o inverno .

Essa não sou eu ou eu não era aquela, aqui não falta casa, não falta comida, dinheiro tenho o suficiente para viver por enquanto, casa, comida e roupa lavada não é o desejo de quem não tem! Então se tenho o que buscarei para que essa cantilena aqui escrita cesse.

O que me falta é um outro eu, um alguém que não pude ser, que me foi imposto sem questionamentos de nenhuma parte. Pronto essa é você já não tem outro que ser, seja é pronto. Então fadou se o caos em mim.. 

Postagens Populares